segunda-feira, 27 de agosto de 2018

41ª EXPOINTER - ESTEIO - RS - 2018

NOSSA GENTE, NOSSA FORÇA


Dia lindo com sol e temperatura amena

Daio e Tonho
Mandioqueiros do IMEAB
Mandioqueiros da cidade de Barão. Estarão na exposição de Ijuí - RS
Amigo da Neusa de Vicente Dutra - RS

Marlene, artesã de Ijuí

Sósia da vaca Juliana

Fabricante de facas... Romildo Habitante

Ovelhas de exposição

Daio e amiga de São Luís Gonzaga

sábado, 12 de maio de 2018

PARA AVELINA MINHA MÃE E PARA SANTA PINTO MINHA MÃE DE CORAÇÃO

Certa vez perguntaram a uma mãe qual era seu filho preferido,
aquele que ela mais amava.
E ela, deixando entrever um sorriso, respondeu:
“Nada é mais volúvel que um coração de mãe.
E, como mãe, lhe respondo: o filho dileto,
aquele a quem me dedico de corpo e alma…
É o meu filho doente, até que sare.
O que partiu, até que volte.
O que está cansado, até que descanse.
O que está com fome, até que se alimente.
O que está com sede, até que beba.
O que estuda, até que aprenda.
O que está com frio, até que se agasalhe.
O que não trabalha, até que se empregue.
O que namora, até que se case.
O que casa, até que conviva.
O que é pai, até que crie os filhos.
O que prometeu, até que se cumpra.
O que deve, até que pague.
O que chora, até que cale.
E já com o semblante bem distante daquele sorriso, completou:
O que já me deixou…
…até que o reencontre…
                                                                 ERMA BOMBECK
                                                                 ( 1927 - 1996)
                                                                 ESCRITORA AMERICANA
             

terça-feira, 13 de março de 2018

POSTAGEM DE 2018.

"Quando eu estiver em frente a Deus no final de minha

vida, eu espero que não me tenha sobrado um pingo

de TALENTO e eu possa dizer: Usei tudo o que Você me deu."

                                                          ERMA BOMBECK - 
                                                      ( 1927 - 1996)
                                                     Escritora amaricana 

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

MENSAGEM PARA O ANO DE 2018

           

¨Quando o amor ao dinheiro, ao 
sucesso, estiver nos deixando cegos,
saibamos fazer pausas para olhar os 
lírios do campo e as aves do céu¨.
             
                                                    (Érico Lopes Veríssimo)
                                       Escritor gaúcho
                                        1905 - 1975