sábado, 26 de março de 2011

1º ENCONTRO DE MANDIOQUEIROS COM O PROFESSOR HEITOR

No dia 23 de março, o professor Heitor reuniu os mandioqueiros residentes em Porto Alegre no Boteco do Joaquim, no bairro Cidade Baixa.
 Da esquerda para a direita: Luiz Carlos Lunckes, Nair, professor Heitor, Negro Motta, Daio, Vera Lúcia e Isônia.

A galera animada junto à esposa do Lunckes e o Luiz Pedro Muller, esposo da Isônia. 

O primeiro à esquerda é o mais simpático dos ANHANGUERAS E BARRANQUEIRO (de São Borja), o mandioqueiro José Cândido Motta, popular Negro Motta, que marcou a história do IMERAB.

 Negro Motta contando lorotas e histórias do seu tempo de IMERAB.

2 comentários:

  1. A IDÉIA DO HEITOR SE TORNOU REALIDADE.
    ROLOU MUITO SAUDOSISMO E AO MESMO TEMPO LÁSTIMA , POR NÃO TER ACONTECIDO A MAIS TEMPO ESSES ENCONTROS DE MANDIOQUEIROS.
    PESSOAL VALEU A PENA FAZER A QUILOMETRAGEM DE IJUÍ À PORTO ALEGRE.
    ABRAÇOS À TODOS
    VERA LUCIA FONSECA - IJUÍ

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Estou organizando o blog do Boteco do Joaquim, e gostaria de saber se posso utilizar suas fotos no nosso blog??
    Se for possível, gostariamos do nome do fotografo(a) que tirou as fotos para colocar abaixo das imagens.

    Aguardo retorno
    Obrigado

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário.