quinta-feira, 21 de abril de 2011

FORAM-SE OS ANÉIS,MAS É PRECISO SALVAR OS DEDOS

Nada é tão ruim que não possa piorar ainda mais. Acompanhando as notícias sobre a doação pelo município de Ijuí de parte da área da saudosa Escola-Fazenda do IMERAB, conclui-se ser improvável a revogação da Lei aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo Sr. Prefeito. O trabalho agora deve voltar-se para a elaboração de um projeto modelo para fins educacionais visando a formação de profissíonais de nível médio agropecuário na área remanescente, a exemplo dos velhos tempos, pois se ficar sem um bom uso, daqui a pouco será doada também ou destinada para outras finalidades que não as educacionais. Deve-se usar o argumento do ocorrido para revigorar o IMEAB, possibilitando que a Comeia do Trabalho continue a formar profissionais para o mercado crescente do agronegácio, dando oportunidade a muitos alunos oriundos do meio rural, ampliando a inclusão social. É o momento de transformar o problema em oportunidade, antes que seja tarde.  Uma ótima Páscoa a todos os mandioqueiros e familiares espalhados por esse imenso Brasil.

Jovelino Dallabrida (1974)
Barra do Garças - Mato Grosso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário.