quinta-feira, 21 de julho de 2011

LEMBRANÇAS DE UM GRANDE MESTRE

                                                           Foto do baú da Carmem Aguiar.
    
       Observando a foto acima, me recordo do lugar onde fazíamos as aulas práticas de horticultura,  fruticultura e  floricultura sob orientação dos inesquecíveis professores , ADROALDO HARTMANN e CARLOS ALBERTO SANDRI, ambos participaram do primeiro mandiocaço.
O professor Adroaldo na minha época de escola,  recebeu apelido de "CHELULA" ( fruto da fértil imaginação de um de seus discípulos), com muita competência nos ensinou a técnica do enxerto de plantas para  vermos depois de 30 à 35 dias,  a planta vingando. O nome do enxerto borbulia.
O Altamir Antonini ( da comissão do primeiro mandiocaço),  me informou por email  que o "professor Hartmann"  foi um dos mestres responsáveis pela implantação na  Escola Fazenda da área de FRUTICULTURA,  que era um modelo para a região,  hoje infelizmente o parque da EXPO engoliu tudo:  videiras, pessegueiros, nectarinas, amexeiras, citrús ( bergamotas, laranja etc..).
O Hartmann também foi responsável pelo projeto de reflorestamento em área do município de Ijuí,  posteriormente agregada a área da escola.  Na Cotrijuí foi um dos precursores do projeto de "criação de peixes".
Hoje, o nobre professor reside na cidade de Três Passos-RS. E, aqui em POA em contato telefônico, falei com um dos seus primeiros discípulos e colega da "MANSÃO DOS JUSTOS"  ( 1961, 1962 e 1963) o DERVIL ZUCATTO,   popular GRINGO.
Nessa mesma república,  residia o professor  ISAAC FRÓES.
Em breve o GRINGO vai entrar na rede do mandiocaço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário.