segunda-feira, 31 de outubro de 2011

AO VIVO É BEM MELHOR

Protásio"Brizola"Wilhelm(Santa Rosa) e Ledo Daruy(São Luiz Gonzaga- RS)


Na cidade de São Luiz Gonzaga o nosso amigo e parceiro no blog o LEDO DARUY recebeu a visita do seu amigo e ex-colega de turma o PROTÁSIO "BRIZOLA" WILHELM que reside atualmente em Santa Rosa.Foi um encontro de dois mandioqueiros que estudaram no IMERAB nos anos de 1969,1970 e 1971.
Foram poucas horas que valeram 40 anos de espera.Foi resgatado apelidos,sorriso facil,lembranças dos professores e demais colegas.Quando dois ou mais Mandioqueiros se encontram assunto não  falta.


sábado, 29 de outubro de 2011

FATO OCORRIDO EM 1970 - PROTÁSIO "BRIZOLA"WILHELM

Recebi a visita do Protásio Wilhelm.
 Formado em 70, de fortes traços germânicos e pensamentos de esquerda, ganhou o apelido de Brizola, por um caso especial.
 Era a Semana da Pátria de 1970, em pleno rigor do regime militar. Tinha na Escola o ritual do hasteamento da bandeira de manhã e arriamento à tarde. Em cada cerimônia alguns alunos eram escalados para uma poesia, uma música ou um texto qualquer.
 Por um planejamento inadequado, escolheram o Protásio para um discurso no hasteamento.
 Infeliz idéia!
 O alemão veio com um discurso escrito em folhas de caderno, planejado e de conteúdo altamente esquerdista, totalmente impróprio para a época da ditadura militar, sobretudo numa cerimônia cívica de hasteamento da bandeira.
 Ninguém ousou interromper o discurso.
 No dia seguinte, um veículo verde-oliva do Exército entrou na Escola e levaram o Protásio. Interrogação, gritos, chutes na canela, e o alemão pernoitou no quartel.
 Foi o Frei Clarêncio (nome da época) quem o salvou no dia seguinte, levando um advogado e pedindo clemência. Só assim o Protásio foi solto. Mas ficou fichado no DOPS e ainda teve problemas nos anos seguintes, com a retenção do Certificado de Quitação Militar e tendo que prestar outros depoimentos.


Ledo F. Daruy - São Luiz Gonzaga

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

O BAILE DO CABIDE - ANO 1973

"DEUS NÃO DANÇA MAS MANDA OS ANJOS CUIDAR".
      (AUTOR DESCONHECIDO)

Naquela época, as tardes de  quarta-feira  eram sempre muito esperadas.  Alguns queriam ir ao centro comprar cadernos e livros,  outros roupas (quem tinha grana) e outros  organizar os trabalhos, limpar os armários, lavar as roupas mais 'leves",  participar de "peladas de futebol" e  trabalhar nos departamentos do Cejai .
Decorria o ano de 1973,o diretor do IMERAB era o professor MAURO MIRON, muito  disciplinado,competente,respeitoso,exigente , era assim que eu o via.
Aconteceu  um "bailéco"  no segundo semestre, lá pelas 15:00 hs.  Alguns  mandioqueiros  conversavam  no pátio da escola, quando  alguém, não mais que alguém, sugeriu fazer-se um baile na sala da 2ª série do Normal,  tipo assim:  " baile do cabide" , só de guris (imaginem)... Imediatamente convocaram o gaiteiro um violeiro e um pandeirista,   Ora, baile do cabide que se preza  pecisa ter música  boa .
Não demorou muito e a  acordiona  deu os primeiros acordes   enveredando-se para um tango (capricho cigano), levando uns 10 minutos para terminar.
Quando a velha gaita  encostou o fole, para uma pausa,    observou-se mais claramente o estado (físico) dos participantes. Rostos avermelhados num tangaço  compassado , e  o calor da sala fechada, naturalmente o ar já era rarefeito, para alguns.  Naquele  sôfrego embalo castelhano, a maioria  perdeu o senso do ridículo e como o nome já o diz : baile do cabide ,  roupa é enfeite que não  vigora.
Alguns mais recatados  resistiam em baixar o calção (cueca na época ainda não existia). Mas como não pode faltar, alguns só animavam  o entrevero.  E os músicos, não se fizeram de rogado e, largaram um vanerão daqueles de saltar os "butiá dos borços".
Foi grito de alegria , uma espécie de euforia incontida , que  vazando pela janela entre-aberta  alertou algumas gurias que andavam  pelo pátio. Claro, uma era a Daio e a outra a Neusa Konflanz.  Pararam em frente ao prédio e olhando para o segundo piso,  avistaram o MALAQUIAS ( incendiário), que gritou para as gurias : "Subam que o baile é público e tá bombando "( na época esse termo ainda não existia). As meninas,  aos pulos chegaram na porta e  querendo entrar deram um empurrão na porta, daqueles de Polícia Federal,  em boca de fumo.  Nossa sorte era o VALDOMIRO DALLABRIDA , que além de ajudar a cantar em dupla com o gaiterio, cuidava a porta  para evitar "intrusos". Foi aí que aconteceu a tragédia.
O professor de disciplina ( se fosse o de zootecnia), percebendo o ruidoso arrasta pé, chegou na porta  como delegado em casa de "zona" e deu um chega prá lá nas  gurias, não permitindo a entrada (ainda bem), mas   o fato já estava consumado: todos com   um olhar de "pata choca", se entreolhavam enquanto o ALTINO  "fazia uma averiguação visual".  A situação era  deprimente: alguns  só de calção, outros  tentando se  reorganizar (recompor) o fardamento.  Outros,   numa vergonha  asseverada, tentavam  espairecer sem conseguir.  Por momentos  houve um silêncio  entrecortado pelo barulho de um butijão de gás , que estava sendo trocado na cozinha, logo abaixo.
Para surpresa do chefão de disciplina , UMA CINTA ,  continuava estirada no chão  enquanto   nenhum  dançarino   alegava sua posse.  Foi então que devagarinho, detrás daquela  porta, tão  habilmente cuidada,  foi saindo  o JOVELINO DALLABRIDA, num "peru sem igual"   dizendo :" é minha a cinta!" Aquilo  foi a confisssão mais leal de um sujeito em vias de ser "preso".
Naquele instante, todos estavam  preocupados   pois  o "Jovem", como era chamado,   ocupava  a  primeira linha  no quesito  disciplinar, e certamente,  esse evento iria manchar sua  "ficha"  de bom menino.
Na verdade o dito professor, tomado  de surpresa, até esse momento, quase não tinha esboçado nenhuma frase que  culpasse alguém ou  que demonstrasse irritação.
Para surpresa de todos, olhou  firmemente  para todos e baixando a cabeça ao levantá-la proferiu :" voces não tem  jeito mesmo"... Ainda  proferiu algumas frases,  determinando que  precisava falar com alguns e que os demais, estavam livres e o  baile acabou por aí.
- A cinta  pelo que sei , foi  confiscada pela escola: os bailes só saiam em locais  mais  escondidos, os músicos continuaram  no abrilhantamento  dos referidos eventos  e o MALAQUIAS, que era "danado" de festeiro  não  continuou o curso no ano seguinte.
Esse foi um dos fatos   que aconteceu na época!
Ah! a Daio e a Neusa, até hoje  tem "traumas  de bailes"...
O professor ALTINO, continua ser nosso grande amigo e companheiro dos ex-alunos, reconhecendo nossa  intenção quando do Mandiocaço, no qual se fez presente. Obrigado pelo grandeza professor. Seu nome poderia chamar-se ALTIVO.
Participantes do baile do cabide (alguns estão na foto acima na quadra de esportes da escola).

Edegar Cavalheiro - Fiscal da Sala
Valdomiro Dallabrida - porteiro e cantor
Malaquias -  dono do Baile e animador
Altamir, Ilison e Mastela - músicos
Jovelino, Bugio, Carlini, Xavier, Artêmio, Tâmbara, Picolé ,  Erlei, Dirceu, Anselmo....
Acho que o  Roque Andreolla  também participou.

TEXTO DO ALTAMIR ANTONYNI  E A FOTO DO SEU PRECIOSO  BAÚ.

MOMENTOS INESQUECÍVEIS EM IJUÍ - DIA 15/10/2011.

                                Arno Franzen,  o técnico do volei com a Daio (jogadora) e Vera Lúcia..
      Em primeiro plano o amigo Rivadal Polidoro Pinto , ao fundo Ledo e Margot Daruy e o Crestani.
UM BRINDE À VIDA , na Expo-Ijuí:  Léris Antonyni, Daio, Otilia e Rivadal, Salete, Luiz C.Ruwer e esposa e o casal Daruy.  Foi muito bom encontrar os amigos .

FOTOS DO ALTAMIR ANTONYNI - IJUÍ - RS

terça-feira, 25 de outubro de 2011

HOMENAGEM PARA ONEIDE TONIAZZO - MANDIOQUEIRA DO IMERAB

  •                    
  •              
  •         
No dia do CIRURGIÃO DENTISTA,o blog do Mandiocaço presta uma justa homenagem para a mandioqueira ONEIDE TONIAZZO(minha irmã de coração),pelo relevante trabalho que presta à saúde e a qualidade de vida da sociedade de Campo Grande - MS.
Em breve o blog do MANDIOCAÇO divulgará o maravilhoso trabalho desta competente dentista que estudou no IMERAB nos anos de 1970,1971 e 1972.
Amiga,um abração dos teus amigos do RGS.

Daio - POA - RS.

MAIS FOTOS DA MARATONA DA FELICIDADE NOS DIAS 15 E 16 DE OUTUBRO DE 2011

                                          No refeitório : Terezinha,Lucion,Otilia,Edemir e a fila de antigamente.
                                No mesmo refeitório de antigamente.Alguns colegas com famíliares.
                                A simpática Ana Maria Carbonari com a Clã do Arno Franzen(esposa,nora e filho)
                               A alegria do encontro da aluna com o professor de dança(Vera Lúcia e Zulmiro)
                                No lindo sítio do casal Ferigollo (Zulmiro e Nara) o Xerife Pittol e a Daio .
                                                Daio entrega para Zulmiro Ferigollo a Marca Registrada dos Mandioqueiros.


                                  Daio na fazenda do CLÓVIS E DA LIZI :  mostra as pitangas já colhidas.


                        
Amigo Edemir Sebastyani!  a turma de Mandioqueiros desconfiou que tu vai dar entrada num banco para pedir crédito de "PLANTADOR". Agora,Cabrito saltitante ..., no campo,  só vai dar travessuras?.....
Um abração para ti e famíliares.

Fotos de Altamir Antonyni - Ijuí - RS.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

CARAVANA DA FELICIDADE DIA 17/10/2011-CAFÉ DA MANHÃ COM O DR. EGIDIO DAL FORNO

                                Vera Lúcia,Saletinha Dr.Egidio a esposa Marli e a Daio
                                          Daio, Saletinha.Liziane e a Vera Lúcia
No último dia do nosso encontro na cidade de Ijuí,  fomos convidadas para tomar o café da manhã na residência do casal Marli e Egidio Dal Forno.
Nos primórdios da década de 1970, o Dr.Egidio foi nosso professor de Educação Artística no IMERAB.
Com ele aprendemos a educar o ouvido,  e tomar gosto pela música clássica. Nos transmitiu muita cultura , indicando bons filmes  e excelentes leituras sobre a História da Arte.
Lá se foram 39 anos... e voltamos a nos encontrar com nosso antigo professor, hoje renomado advogado,  que recebeu neste ano  aqui em Porto Alegre pela OAB/RS , a COMENDA OSWALDO VERGARA.
O BLOG DO MANDIOCAÇO aproveita a oportunidade para saudar o simpático casal.

Texto da Daio - POA
Fotos da Liziane e Marli - IJUÍ

domingo, 23 de outubro de 2011

ALTAMIR ANTONYNI É UM FIEL DISCÍPULO DE JOSÉ LUTZENBERGER EM IJUÍ -RS

                                          Dia 16/10/2011 -Altamir encantado com a Natureza.
Dia 16/10/2011 Altamir no campos de Caibaté - RS

Poucas coisas são capazes de  nos emocionar tanto , quanto a verde campina luxuriante , sobre o fundo de árvores frondosas, e um céu azul. 
Essa visão,  que tivemos a oportunidade de gravar nas lentes das câmeras e na retina de nosso pensamento,  desde sempre inspirou os músicos,  que celebram a beleza de sinfonias pastorais  e, com seus pincéis  guiados pelos olhos,  foi que os pintores conceberam seus mais belos quadros de paisagens.
As verdes pastagens,  as pitangueiras coloridas de frutos , presentes nesta fazenda, com o trabalho e  o empenho do casal,  Lizi e Clóvis , certamente vai  converter-se em símbolos da serenidade, da estabilidade, do amor e da abundância...
Parabéns ao casal pelo seu labor...
Abraços igualmente, ao casal  que mora e trabalha com eles.
 

Altamir, Léris, Pittol, Daio,Salete, Verinha, Edemir, Carbonari e esposa ...

Texto de ALTAMIR ANTONYNI  - IJUÍ - RS
Fotos da Daio Grando - POA - RS

MARATONA DA FELICIDADE DIA 16/10/2011 -SURPRESA PARA BAIXINHA

DOMINGO A NOITE

                                          A Baixinha atenta ouve a Daio. A Saletinha reforça a brincadeira.
                                          Atentamente a Baixinha ouve a proposta de negócios.
                                          Aparece a Vera Lúcia e a brincadeira termina.
                                          Momento do reconhecimento depois de 38 anos.
                                                    Marli (Baixinha) e Rosário (Dáio)
                                          Daio,Vera Lúcia,Saletinha e a anfitriã Baixinha.
                                          O quarteto de domingo a noite.
Um jantar maravilhoso que até o Nery (esposo da Vera )compareceu.

AMIGOS é bom se encontrar...
É bom começar sempre de novo.....
 

Foi assim que domingo a noite fomos na casa da Marli (carinhosamente chamávamos de Baixinha) de Ajuricaba.
A Daio com sua imaginação fértil aprontou uma surpresa.
Mandou seu esposo chamá-la para um acordo de negócio, visto que sua famíla é dona da rede de  Farmácias "São Lucas " em Ijuí. 

A mesma  não estava nada solícita em tratar de negócios em pleno domingo, não reconhecendo as amigas de outrora. Quando o papo já estava se prolongando resolvi fazer a apresentação.
Rolou lágrimas de saudade em busca do tempo em que éramos adolescentes, estudantes e amigas no IMERAB.
Tivemos a certeza que esses sentimentos vividos nesse dia , foram as marcas deixadas pelo tempo em que convivemos juntas.
Fomos recepcionadas por um jantar,  preparado pelo seu esposo , Paulo. Um gostoso  churrasco e , se não bastasse , para adoçar mais nosso reencontro, uma saborosa torta.
Valeu amigas... foram momentos preciosos e que nos deixou a certeza que soubemos deixar uma na outra uma SAUDADE que faz bem.


Texto de Vera Lúcia - Ijuí -RS
Fotos do Paulo, esposo da Marli - Ijuí - RS

MAIS MOMENTOS DA MARATONA NA EXPO-IJUI E NO CAMPO DO CLÓVIS E LIZIANE

                                          Léris Antonyni e Magali Guimarães na EXPO-IJUÍ
                                          Magali G.,Salete e Vera Lúcia.
                                          No Campo em Caibaté Liziane,Salete e Vera Lúcia
                                          Passeio para conhecer o campo.Lizi e Saletinha.
                                          Edemir Sebastyani na sede da fazenda em Caibaté.

CARAVANA DA FELICIDADE DIA 16/10/2011-UM DIA NO CAMPO

                                          Passeio pelo imenso campo
                                             Outra parte do campo.
                                          Léris,Daio,Vera Lúcia,Saletinha e Liziane.
                                                        Daio e Vera na fonte de água potável.
                                         O Xerife Pittol era o "MENINO DA PORTEIRA" 
        
                                          Edenir Sebastyani o "FISCAL DO CHURRASQUEIRO".
                                          Vera Lúcia e Daio na "COLHEITA DA PITANGA"
                                          O BANQUETE QUE NOS ESPERAVA.
                                          MANDIOQUEIRAS COM ESPOSAS DE MANDIOQUEIROS
                                          Sebastyani,Pittol,Vera Lúcia,Daio, Clóvis e Altamir.
                                          Daio,Caseiros,Cabrito,Xerife,Casal Carbonari,Vera,Salete,Lizi e Clóvis e agachado o Altamir.(Foto clicada pela Léris)

Fomos agraciados com um convite da Liziane( 1982) e seu esposo Clóvis para um passeio na sua fazenda em Caibaté.
Domingo de manhã a BR 285, foi palco de uma caravana que se deslocou até lá.
De Ijuí saiu: Altamir Antonyni e esposa  Leris ,Xerife Pittol, Daio, Sebastiany  ( Cabrito) , Saletinha  ,Vera Lucia.   De Santo Ângelo Luiz Carbonari e esposa
Nossa alegria começou com um passeio de campo. Os meninos Pittol e Sebastiany na cabine com o Clóvis e os demais na camionete aberta,  foi demais.  Pudemos apreciar a natureza, sua criação de gado e lindas paisagens.
Ao meio dia um variado cardápio de carnes, preparadas e assadas  pelo seu funcionário.
Adoramos a oportunidade de comer Pitanga nós pés, coisa que há muito tempo não fazíamos.
A recepção do casal,  Lizi e Clóvis , nos deixou felizes e agradecidos pela acolhida e a amizade demonstrada.


Texto de Vera Lúcia - Ijuí- RS
Fotos do Altamir - Ijuí - RS e de Saletinha - Ijuí - RS.

MARATONA DA FELICIDADE DIA 16/10/2011 -À CAMINHO DE CAIBATÉ - RS

                                                       O Xerife Pittol com o amigo Ferigollo
                                          Saletinha,Edemir Sebastyani e o amigo Ferigollo
                                          Pittol,Daio,Ferigollo,Nara e o Altamir

Estávamos indo à caminho de Caibaté e  a   "ATRAÇÃO DOS MANDIOQUEIROS"  falou mais  alto,  nos fazendo parar  na localidade  de  ENTRE IJUÍS  para rever nosso amigo , ZULMIRO FERIGOLLO.
Foi uma gratificante surpresa revê-lo, onde sentimos a reciprocidade de sentimentos,  por causa da carinhosa acolhida.
Muitas lembranças nos levaram ao passado vivido no IMERAB.
Entre elas, o amigo Zulmiro Ferigollo fazia o papel de " pé de valsa", ensinando muitas meninas da época,  os passos da dança como samba, valsa ou vaneirão...
A Daio tentou, mas preferiu ter como professor o Miro ( cunhado do nobre professor de matemática),  o qual desistiu,  por ver que sua coordenação não era para dança, o que achava mais difícil que o Mistério da Santíssima Trindade , optando por  jogar volei, seu esporte preferido.
Eu fiquei para sempre agradecida ao amigo, pois muito valeu sua paciência em ensinar a dançar para melhor  aproveitar os bailes da Escola.
Sua esposa Nara, foi muito acolhedora,  com sua indiscutível simpatia, o que nos deixou à vontade para que a "fértil mentalidade" ( Daio) entrasse em ação.
A mesma aproveitou a oportunidade e deixou nosso amigo ZulmiroFerigollo no compromisso de fazermos um  encontro em seu sítio, onde poderemos desfrutar do cheiro de variadas flores , em meio a bela natureza
.

Texto de Vera Lúcia - Ijuí - RS
Fotos de Altamir - Ijuí - RS e de Saletinha - Vicente Dutra - RS.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

DARCELI CRESTANI - PLANTOU UMA ÁRVORE

O amigo Darceli Crestani (na foto), adora a natureza.
Plantar árvores, de fotografias, de música, de sair,  de pesquisar aprendendo novas coisas. Faz parte de um grande Sindicato  do RS. Curte ver filmes e também fazer filmes.
Navegue na web e procure o seguinte: filme Cromossoma  21,verás  que  nosso    amigo Mandioqueiro e sua esposa Vânia, muito estão contribuindo   para   este filme. Vamos  nos unir a eles.
Um grande abraço ao casal de amigos , da cidade   de São Luiz Gonzaga - RS.


Pensamento para o fim de semana:

"Quando a última árvore tiver caído
 quando o rio tiver secado,
quando o último peixe for pescado,
Vocês vão entender que dinheiro não se come."
                                     (GREENPEACE)

Texto da Daio - POA -RS
Foto do Altamir - Ijui -RS

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

MARATONA DA FELICIDADE DIA 15/10/2011 -CARRETEIRO NA ESCOLA

                                           O fiscal Rivadal com a Mestre Cuca da escola
                                          Lembrando a fila no refeitório,agora com a família
                                         No mesmo refeitório que antigamente
                                          Uma recordação para atual direção do IMEAB
                                          Neri , Carbonari, Daio,Lourdes,Vera,Arno e Saletinha.
A turma do Carreteiro em frente a escola

IMERAB...É COMO CORAÇÃO DE MÃE.


                                       Coração de mãe está sempre aberto para acolher e é assim que nos sentimos quando retornamos  ao IMERAB.
Por esse motivo  que sábado combinamos  nos encontrar para um almoço no refeitório da Escola, sábado , dia 15.10.  
Organizado  pelos componentes da comissão do 1° Mandiocaço ,para escolher a nova comissão do 2° Evento que acontecerá em dezembro de 2012.
Para nossa  alegria e surpresa se fizeram presentes Neri Malmann e fam. de Livramento e  Arno Franzen e fam. de Três de Maio.
Os demais presentes: Lucion e Esposa, Carbonari e Esposa,Altamir e Esposa, Daio, Saletinha, Sebastyani, Vera Lúcia, Rivadal e Otilia.

Texto - Vera Lúcia - Ijuí - RS
Fotos - Altamir - Ijuí - RS