segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

XV ENCONTRO DA FAMÍLIA FONTANA CARDOSO NA PRAIA DA RONDINHA -RS - BRASIL

                               Em pé:Ivo(Baúru - SP),Sadi(Campo Grande - MS),Jacob(Flores
                               da Cunha - RS),Vicentinho(Porto Alegre - RS).
                                Sentadas no sofa da Hebe:Vilma(Nonoai - RS),Maria(Belo Horizonte - MG),
                                Terezinha(Fortaleza - CE),Ivani - Juina(MT) e Salete(Florianopolis - SC) 
                                           Recepção as amigas convidadas irmãs de coração.
                                           Daio(Porto Alegre -RS)e Neusa(Soledade - RS).
                                  
                         
                                          Já enturmadas com a Família Fontana Cardoso
                                           os Mandioqueiros posaram para foto com as
                                           a marca registrada do XV encontro na praia da Rondinha.
                                           Todos participam das atividades da casa.Na foto
                                           a Eia,Iva pousam com a Ete e suas lindas filhas.
                                           Ao fundo o Sadi e a Maria.
                                 O cardapio é planajado pela Iva e CIA e a comida italiana não pode faltar.
                                          Na sombra,  o Ivo coloca as prosas em dia com o
                                          sobrinho Mineiro e o primo de São Marcos(RS).

                                          Os irmãos:Sadi(Campo Grande-MS),Eia(Fortaleza -CE)
                                           e Iva(Juina - MT).Na mesa o doce de figo mineiro.Que
                                           delícia!...Verdinho...demais de bom...

Lavando a louça a Ete(Florianopolis- SC) é só alegria.
FAMÍLIA
                Essa mensagem dedico aos colegas mandioqueiros (as) da família do IMERAB, Colégio Agrícola Assis Brasil de Ijuí RS, o qual sempre nos reportamos com carinho e saudade, porque foi fundamental na nossa formação, e dessa escola que herdamos exemplos de retidão de vida, conduta ilibada, ética e moral, o que nos orgulha por termos pertencido ao corpo discente.
Vejamos como o dicionário Aurélio, em sentindo lato, define o conceito de família.
Pessoas aparentadas, que vivem, em geral, na mesma casa, particularmente o pai, a mãe e os filhos; pessoas unidas por laços de parentesco, pelo sangue ou por aliança; ascendência, linhagem, estirpe; Biol. Categoria taxonômica compreendida entre a ordem e o gênero. [ V. grupos taxonômicos. ]; p. ext. Grupo de indivíduos que professam o mesmo credo, têm os mesmos interesses, a mesma profissão, são do mesmo lugar de origem, etc.:; e. Ling. Conjunto de vocábulos que têm a mesma raiz (10 e 11); família de palavras, família léxica. [Em português, p. ex., cada um dos seguintes grupos pertence a uma família: (a) povoar, populismo e republiqueta; (b) falar, falador, falatório.]; e. Ling. Conjunto de línguas que derivam de uma língua ancestral comum; família lingüística: 2   [Cf., nesta acepç., bloco (8) e filo (2), grupo (9) e ramo (13).];  genét. conjunto de gêneros afins; sociol. comunidade constituída por um homem e uma mulher, unidos por laço matrimonial, e pelos filhos nascidos dessa união; sociol. unidade espiritual constituída pelas gerações descendentes de um mesmo tronco, e fundada, pois, na consangüinidade; sociol. grupo formado por indivíduos que são ou se consideram consangüíneos uns dos outros, ou por descendentes dum tronco ancestral comum e estranhos admitidos por adoça; tip. conjunto de tipos que apresentam o mesmo desenho básico, malgrado variações de corpo, inclinação, largura, etc.
Então quando falamos em família o conceito é amplo, mas aqui quero me ater ao sentido estrito da palavra, e aproveito para comentar sobre minha família (Fontana Cardoso).
Nossos genitores eram pessoas de poucas letras, trabalhavam no pesado para tirar da terra o sustento que garantiria a subsistência de uma família numerosa, dez filhos, e o fizeram com muita determinação, dedicação, persistência, e o êxito dessa tarefa árdua foi absoluto. Todos os filhos tiveram o conforto suficiente, mesmo que numa vida humilde e o dinheiro sempre escasso, tivemos alimentação saudável, vestuário, moradia, laser e oportunidade para estudar, todos graduaram no ensino superior.
O mais importante que merece destaque é a forma como fomos educados, nossos pais foram exemplos maravilhosos de conduta ética, moral, religiosa, e essa postura, louvável, todos seguiram, se balizaram nos mestres, em suas obras e nos gestos de amor.
Por essa vida estamos de passagem, a existência é curta e a morte é certa, uns antecipam a viagem, outros demoram mais, mas todos nós partiremos isso é certeza, e chegará o momento que seremos saudade. Nossos genitores partiram no ano de 1995, a saudade e a gratidão são imensuráveis, eles passaram, mas suas obras ficaram, e por isso prestamos louvor em memória a essas pessoas maravilhosas, extraordinárias, que dedicaram a vida somente para a família.


 Texto - Ivo Fontana Cardoso - Bauru - SP
Fotos e Legendas - Daio - POA - RS.
PRAIA DA RONDINHA DIA 10/01/2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário.