sábado, 24 de novembro de 2012

O TRIÂNGULO DAS BERMUDAS DOS MANDIOQUEIROS DO IMERAB.

   Não é só no folclore gaudério que aparecem fatos pitorescos.Pois acreditem que dentro da história dos Mandioqueiros do IMERAB tem fatos curiosos que até o Triangulo das Bermudas se tornaria insignificante.
O primeiro fato que nunca saiu da minha cachola é a história do vai e vem do destino da famosa Vaca Juliana.
Vaca esta raçuda e de inconfundivel beleza,que escafedeu-se misteriosamente rumo as quintas dos infernos,mas permaneceu na lembrança de todos os Mandioqueiros que zelavam para que ela permanecesse a mais bela cria que já pintou no potreiro da Escola Fazenda.
Onde andarás  minha vaquinha mimosa?...Tu que embelezaste muitas exposições,arrancando as melhores medalhas e troféus para nossa escola.Se tu estiveres escondida em alguma grota por ai, pelo teu inesquecivel  mugido te reconhecemos e muitos Bonitões vão querer registrar o momento com belas fotos ao teu lado.
O segundo fato marcante,que só de lembrar me revira o fundo do retabucho, é a tristeza do meu amigo Darceli Crestani quando surrupiaram a sua gaita velha.Isto aconteceu nos idos anos setenta.
O coitado de tão abichornado e consumido de saudade, já não declamava e tal corvo novo, não cantava e nem assoviava...
Os amigos do cuera ficaram compadecidos por tão significativa perda e principalmente pela tristeza do Darceli(que diga-se de passagem era o melhor gaiteiro do IMERAB)arrumaram-lhe uma gaitinha mixuruca para que ele pudesse expandir seus dons artísticos. Mas vocês  acreditem que o vivente nunca esqueceu a gaita veia que mandou-se "a la  cria" .
Atualmente, em pleno século XXI, mais uma baita perda.
Acreditem que o livro de registro das presenças dos participantes do 1º Mandiocaço ,misteriosamente ? ? ?  desapareceu.
Já rezei o Pai Nosso de trás para frente e de frente para trás, mais de mil vezes, pedindo a todos os santos conhecidos e desconhecidos ,que ilumine a pessoa que está com o livro,para que a mesma tenha a sensibilidade de entregar o livro para o Cabrito ou para o Rivadal, fazendo desta forma, felizes todos os Mandioqueiros.
Amigos! Nunca saberei o destino da Vaca Juliana.
O Darceli já comprou uma gaita tinindo de nova. Mas o livro de registro das presenças no 1º Mandiocaço é insubstituível                                         
                                             
  Texto - Daio - POA - RS.                                      
                              
                                         
                           

Um comentário:

  1. O livro estava bem guardado lá em Ijuí e já está nas mãos do Xerife Pittol.

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário.