segunda-feira, 12 de agosto de 2013

VIVER É UM SHOW FANTÁSTICO !

Nesse show fantástico, os personagens principais e executantes estão sendo nós... os MANDIOQUEIROS.
A cada encontro realizado, concluímos que nossa amizade de IMERAB se eternizou .  A máquina do tempo nos leva de volta as recordações, onde os anos não conseguiram apagar.
Assim foi dia 10 de agosto, quando fomos recepcionados pelo amigo Felisberto Dornelles, em sua empresa "Sol a Sol" , na cidade de Cruz Alta.  O mesmo não mediu esforços de vir de Sinop- MT, cidade onde reside atualmente e possui mais empreendimentos, para nos receber num gostoso almoço.
Os sorrisos estampados a cada abraço e palavras  trocadas,  aqueceram  nossa alma junto a lareira do salão de festas.
Estiveram presentes: anfitrião Felisberto de Sinop, Clair e Marza de São Borja,  Luiz Carbonari e  Eliazibe Gobbo de Santo Ângelo,  Carmen Aguiar de Palmeira das Missões,  Nelson e Leoni de Augusto Pestana, Rivadal, Pittol e Vera Lucia de Ijuí.
O cardápio foi bem variado com assados e acompanhamentos, sopa de capeletti,  regada à vinho para diversos paladares, bem como cerveja e refrigerante.
Sempre que compartilhamos desses reencontros, fica a vontade de "quero mais" e o propósito  de que,  muitos  outros virão. 
Nem o tempo ou a distância trará o esquecimento daquilo que o coração cativou.
Nossa amiga Daio de POA , por contato telefônico mantido nessa data com o Felisberto, já deixou agendada uma viagem para Sinop, onde nos faremos presentes para mais uma comemoração da vida.
VERA LUCIA - IJUÍ


Vista aérea da Empresa Sol a Sol

Mesa com os assados:gado, ovelha e porco

O brinde do reencontro não poderia faltar



Marza, degustando a sopa de capeletti
Nelson e esposa, Leoni
Pittol e Carbonari degustando um bom vinho

Carmen e Felisberto...
Conversa não faltou
 Carmen e Vera, o calor humano mais o da lareira, aqueceram os ânimos.
Um bom papo: Vera, Carmen e Felisberto

2 comentários:

  1. Turminha do frio!
    Confesso que fiquei com uma pontinha de inveja de vocês.Bem que eu gostaria de estar ai rindo, bebendo ,conversando e matando a teimosa saudade.
    Abraços para todos.

    ResponderExcluir
  2. Daio realmente estava muito frio. De quente somente a amizade, a alegria do reencontro e o calor da lareira. Sentimos tua falta mas, outras virão.
    Um abraço
    Vera Lucia- Ijuí

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário.